Skip to main content

Levantamento foi realizado com algumas das principais indústrias de Bens de Consumo do país

Pesquisa inédita realizada pela Arker aponta que a gradual retomada do varejo físico em 2021 impulsionou o investimento comercial realizado pela Indústria no segmento.

De acordo com o levantamento, em novembro de 2021 houve um crescimento de 7% na utilização de verbas comerciais em comparação com os seis meses anteriores. Além disso, a partir do mês de fevereiro, em média, as ações comerciais realizadas no varejo físico tiveram um incremento mensal de 5% por parte da Indústria.

“O boom do e-commerce e a mudança no perfil do consumidor, que está cada vez mais digital e focado no consumo por propósito e experiências, não significa o fim do varejo físico. Pelo contrário. Como apontam os dados da nossa pesquisa, o que vemos a partir de agora é a fusão dessas duas modalidades de compras, que devem ser combinadas na estratégia de todos os negócios, incluindo os digitais nativos”, diz Thomaz Camanho, fundador e CEO da Arker.

Investimento comercial é a bola da vez

Realizada com base nos dados de sua plataforma de gestão de verbas comerciais, utilizada por grandes empresas do segmento de Bens de Consumo como Grupo Bimbo, M. Dias Branco, Genomma Lab, Ontex e PepsiCo, o levantamento realizado pela Arker também aponta o investimento das indústrias em ações comerciais como uma tendência em crescimento também neste ano.

“O mercado de gestão de verbas comerciais, conhecido na América do Norte e na Europa como TPM (Trade Promotion Management), já é um segmento apontado como tendência para o Varejo Físico não só no Brasil. De acordo com estudo realizado pelo The Insight Partners, a previsão é que esse novo mercado deva crescer a um CAGR (ou taxa de crescimento anual composta)de 10,9% de 2021 a 2028 no mundo”, explica Thomaz.

Metodologia de análise

Por meio da utilização de Inteligência Artificial, Big Data e Analytics, o software desenvolvido pela Arker funciona como uma plataforma de gestão de verbas comerciais, utilizada para desenvolver, acompanhar, simular e mensurar estratégias de promoção e/ou venda de determinado produto, em diferentes pontos de vendas.

“Com ela, as áreas Comercial, Financeira e o Trade abarcam desde o planejamento orçamentário até a execução e a comprovação de ações comerciais por meio de reconhecimento de imagem, além de metrificar a cadeia de verba comercial assim como a internet faz com a publicidade

Somado a isso, a plataforma ainda dispõe de um módulo de inteligência comercial que agrupa os clientes por canais e categorias, gerando relatórios precisos que apontam os resultados da verba comercial alocada.

“Por meio dessa solução, é possível produzir relatórios automatizados e gerar insights para os times de inteligência de mercado e comercial, respondendo de forma rápida sobre a eficiência dos investimentos em cada canal”, conclui Thomaz.

Levantamento conduzido pela revista Consumer Goods Technology (CGT) identificou os efeitos da implementação de uma abordagem robusta e em tempo real de gestão de verbas comerciais em empresas de Bens de Consumo. Entre os resultados, 51% apontaram melhorias de processos e 44%, maior visibilidade de negócios e riscos.

Sobre a Arker

A Arker, recém adquirida pela Neogrid, é uma empresa brasileira de tecnologia, pioneira no mercado nacional de Trade Promotion Management (TPM). Especializada em oferecer soluções tecnológicas para controle, visibilidade e assertividade na gestão de verbas comerciais e contratos, a empresa faz uso de ferramentas que abarcam desde o planejamento orçamentário até a execução e a comprovação de ações comerciais por meio de reconhecimento de imagem.

Para mais, acesse https://arker.com.br/ e acompanhe nossa página oficial no LinkedIN.

Close Menu