Skip to main content

Se suas ações comerciais não estão performando conforme o esperado, aqui podem estar alguns dos possíveis motivos!

No mundo todo, indústrias de Bens de Consumo investem mais de 20% de sua receita anual em ações comerciais, com o objetivo de alavancar as vendas e aumentar o market share. Porém, você sabia que segundo dados da McKinsey cerca de 70% desses investimentos não trazem o retorno financeiro esperado? E o motivo principal está, sobretudo, na maneira como é feita a gestão de verbas comerciais.

Ainda realizado de forma manual – isto é, por meio de tabelas de Excel ou troca de e-mails – por várias empresas no Brasil, além da probabilidade de erros, fraudes e perda de informações, a falta de um acompanhamento constante e preciso da performance das ações comerciais em cada PDV, sem dúvida, é um dos principais motivos para o baixo retorno e eficiência nos resultados obtidos.

Porém, também há outros. Quer saber quais são? Então confira a seguir!

Investir em estratégias de verbas pulverizadas 

Dados coletados na plataforma de gestão de verbas comerciais da Arker nos últimos 3 anos apontam que em torno de 20% das verbas comerciais são alocadas em ações de baixo investimento (isto é, menos que R$ 30 mil).

O que, na prática – e somada a outros erros de gestão – pode significar para empresas com faturamento de R$ 1 bilhão por ano uma perda de até R$ 15 milhões em investimentos em clientes e/ou canais que não trazem crescimento ou margem.

Ainda segundo dados da Arker, a perda pode chegar a até R$ 10 milhões por conta de problemas de processo na gestão de verbas comerciais, e até R$ 5 milhões com problemas de apuração e pagamento de contratos de longo prazo, por exemplo.

Não ter visibilidade sobre a performance

Conforme for o volume do investimento realizado em acordo comercial e sua categoria de atuação, fica praticamente inviável fazer o controle e análise de todas as ações comerciais usando planilhas e e-mails. E um dos motivos é a dificuldade de acompanhar o acontece na ponta e quais clientes e canais estão dando resultado.

Somente através de análise pautada em dados e passível de acompanhamento é possível traçar estratégias comerciais eficazes. E isso, principalmente para as indústrias que atuam em segmentos como farmacêutica, veterinária, cosmética, moda e vestuário, produtos eletrônicos, móveis, varejo, alimentos e bebidas, materiais de construção, administração agrícola, laticínios ou higiene pessoal, e precisam de dados e métricas para guiar o planejamento de ações futuras.

Baixa rastreabilidade para detecção de fraudes

A baixa rastreabilidade também é fator contribuinte para baixa rentabilidade em ações comerciais, já que, sem um sistema de comprovação e acompanhamento das ações, há mais possibilidade de ocorrer pagamentos duplicados e fraudes.

Por isso, uma solução que vem sendo cada vez mais adotada pela indústria é a tecnologia de reconhecimento de imagem para comprovação de ações comerciais realizadas no varejo físico. Somente em 2021, mais de 50 mil fotos foram utilizadas para comprovação de ações comerciais promovidas em pontos de vendas, por exemplo.

Não contar com uma plataforma de gestão de verbas comerciais

A plataforma de gestão de verbas comerciais se apresenta como uma excelente oportunidade de automatizar todas as etapas do processo de gestão das verbas comerciais – que vai desde o planejamento orçamentário até a execução e a comprovação de ações comerciais.

Por meio da utilização de Inteligência Artificial, Big Data e Analytics, o software desenvolvido pela Arker, por exemplo, funciona como uma plataforma de gestão de verbas comerciais utilizada para desenvolver, acompanhar, simular e mensurar estratégias de promoção e/ou venda de determinado produto, em diferentes pontos de vendas.

Além, claro, da redução de possíveis erros e prejuízos devido à automatização dos processos, pesquisas apontam que a digitalização de verbas comerciais pode gerar rentabilidade de até 10% para empresas. O que representa um ganho de R$ 20 milhões para uma empresa com faturamento anual de R$ 200 milhões.

Para saber mais, clique aqui e fale agora mesmo com um de nossos especialistas.

Sobre a Arker

A Arker, recém adquirida pela Neogrid, é uma empresa brasileira de tecnologia, pioneira no mercado nacional de gestão de verbas comerciais. Especializada em oferecer soluções tecnológicas para controle, visibilidade e assertividade na gestão de verbas comerciais e contratos, a empresa faz uso de ferramentas que abarcam desde o planejamento orçamentário até a execução e a comprovação de ações comerciais por meio de reconhecimento de imagem.

Para mais, acesse https://arker.com.br/ e acompanhe nossa página oficial no LinkedIN.

Close Menu